Comunicações Coordenadas


As modalidades de trabalho durante o 9º Encontro da SBPJor são três: mesas temáticas com especialistas convidados, Comunicações Livres e Comunicações Coordenadas. A modalidade Comunicações Coordenadas reúne entre três e seis trabalhos, de pelo menos três instituições diferentes. Cada sessão coordenada dura em torno de quatro horas, levando em conta a apresentação e o debate dos trabalhos e A seleção das mesas foi realizada pela Diretoria Científica da SBPJor. Confira abaixo a programação completa das Coordenadas, que acontecerão nos dias 04 e 05 de novembro, no prédio do Palácio Universitário.

 

PROGRAMAÇÃO

Dia 04 – 14h30min às 18h30min


JORNALISMO MIDIATIZADO – JORMÍDIA (sala 108)

Coordenador: Demétrio Soster

A midiatização das narrativas jornalísticas na seção Diário da Revista Piauí

Demétrio de Azeredo Soster

As reconfigurações do campo religioso em sua incursão midiática: uma análise dos portais da IURD e da IECLB

Micael Vier Behs

O processo de midiatização do jornalismo: Um estudo dos jornais Diário de Santa Maria e A Razão, RS

Viviane Borelli

Jornalismo participativo e midiatização da recepção: A domesticação dos leitores na seção “Eu-repórter” do Globo Online

Paulo César Castro

Quando o jornalista se sente ameaçado: Repertório de legitimação do grupo após o fim da obrigatoriedade do diploma

Fábio Henrique Pereira e Kênia Beatriz Ferreira Maia

Transformações nos discursos jornalísticos: A atorização do acontecimento

Antônio Fausto Neto

 

A MORTE COMO ACONTECIMENTO JORNALÍSTICO: POSSIBILIDADES METODOLÓGICAS (sala 111)

Coordenador: Ronaldo Henn

Aproximações ao trágico cotidiano: um ensaio metodológico

Bruno Souza Leal, Elton Antunes e Paulo Bernardo Vaz

Fragmentos de vidas exemplares

Beatriz Marocco

Morte e narrativa

Daisi I Vogel

Morte, acontecimento e redes sociais: das raízes da cultura à Amy Winehouse

Ronaldo Henn

Morte, acontecimento noticioso primordial

Gislene Silva

 

VII MESA COORDENADA DA REDE JORTEC: JORNALISMO E CONEXÕES TECNOLÓGICAS (sala 126)

Coordenador: Walter Teixeira Lima Junior

Jornalismo Computacional em função da Era do Big Data

Walter Teixeira Lima Junior

Jornalismo e conexões tecnológicas: Uma aproximação com a Semiótica da Cultura

Daniela Osvald Ramos

O modelo de desenvolvimento tecnológico no UOL Bolsa Pesquisa e seu potencial para pensar a pesquisa aplicada em jornalismo

Carlos Eduardo Franciscato

Projeto Social WebTV: tecnologia e esfera pública

Diólia de Carvalho Graziano

Revistas em meio digital: Uma proposta de tipologia centrada na materialidade

Marcelo Freire

Simulação Computacional de Fluxos de Informação: Uma abordagem no âmbito da Comunicação Social

Daniel Costa de Paiva

 

JORNALISMO E PROBLEMÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS (sala 113)

Coordenador: Reges Schwaab

Análise dos estudos sobre jornalismo ambiental: primeiras incursões

Sonia Aguiar

De outros Olhares? Representações do ambientalismo em imagens de sites indígenas da Amazônia

Isac de Souza Guimarães Júnior

Discursos e vozes por trás das COP-15 e COP-16

Ilza Maria Tourinho Girardi, Ângela Camana, Carine Massierer, Cláudia Moraes, Eloisa Beling LooseGisele Neuls e Laura Gertz

Mudanças no olhar da imprensa pernambucana sobre Suape: do desenvolvimentista ao socioambiental

Isaltina Maria de Azevedo Melo Gomes , Débora Souza Britto, Eutalita Bezerra da Silva, Júlia Arraes de Alencar e Raíssa Ebrahim dos Santos

O valor do verde no saber dizer de revistas da Abril

Reges Schwaab

Redefinições do jornalismo ambiental: abordagens teóricas e rotinas produtivas

Antonio Teixeira de Barros

 

METAMORFOSES DO JORNALISMO PORTUGUÊS E BRASILEIRO AO LONGO DA HISTÓRIA (sala 115)

Coordenadora: Paula Melani Rocha

Avanços e recuos na metamorfose do jornalismo português no século XVII: Da Gazeta ao Mercúrio

Jorge Pedro Sousa e Maria Érica Lima

Considerações sobre a prática jornalística em impressos de Ribeirão Preto no século XX

Paula Melani Rocha e Gabriela Zauith

Jornalismo, liberdade e imprensa regional: Informar é (im)preciso

Igor José Siquieri Savenhago

O Panorama e a modernização do jornalismo em Portugal: Papel político do primeiro jornal enciclopédico ilustrado português (1837-1844)

João Lourival

Trajetória dos jornais de Imperatriz-MA: Descontinuidades e transformações

Roseane Arcanjo Pinheiro e Thays Silva Assunção

 

LINGUAGENS, GÊNEROS E NARRATIVAS NOS PROCESSOS EDITORIAIS DO TELEJORNALISMO (sala 120)

Coordenador: Flavio Porcello

A construção pública dos sentidos de alteridade e identidade na entrevista telejornalística

Christina Ferraz Musse e Iluska Coutinho

Jornalismo construtivista em um contexto de convergência tecnológica

Alfredo Vizeu, Heitor Rocha e Tenaflae Lordêlo

Noticiabilidade e espaço temporal: Critérios editoriais e rotinas produtivas do noticiário de curta duração

Flávio A C Porcello e Débora Bresciani

Repensando o ensino do Jornalismo Audiovisual: O potencial das webtvs universitárias

Beatriz Becker e Lara Mateus

Telejornal com clima de talk show: Os tensionamentos provocados pela hibridização de gêneros televisivos no Estúdio i

Fernanda Mauricio da Silva

 

 

Dia 05 – 14h30min às 18h30min


JORNALISMO EM REDES SOCIAIS NA INTERNET: TENSÕES, APROXIMAÇÕES E PERSPECTIVAS (sala 120)

Coordenadora: Raquel Recuero

Transformações no jornalismo em rede: sobre pessoas comuns, jornalistas e organizações; blogs, Twitter, Facebook e Flipboard

Alex Primo

A Experiência do Acontecimento Jornalístico no Twitter a partir de sua Recirculação

Gabriela da Silva Zago

“Deu no Twitter, alguém confirma?” Funções do Jornalismo na Era das Redes Sociais

Raquel Recuero

Cobertura colaborativa nas redes sociais: entre a emergência e a programação

Fábio Malini

Ética hacker e deontologia jornalística em redes sociais

Rogério Christofoletti

 

JORNALISMO DIGITAL E TECNOLOGIAS MÓVEIS (sala 111)

Coordenadora: Luciana Mielniczuk

Elementos de transformação do jornalismo no contexto da comunicação ubíqua

Eduardo Campos Pellanda

Jornalismo e Dispositivos Móveis: Percepções, usos e tendências

Suzana Barbosa e Lia Seixas

Jornalismo para tecnologias móveis: o consumo entre jovens

Claudia Quadros, Marcella Rasêra e Andressa Moschetta

O celular afronta o jornalismo

Luciana Mielniczuk

O celular como rádio de pilhas na era da Internet: Rádio IP no celular

António Fidalgo

Repórteres em campo com tecnologias móveis conectadas: Uma abordagem teórica sobre convergência e mobilidade

Fernando Firmino da Silva

 

NARRATIVAS DISSONANTES (sala 113)

Coordenadora: Marta Maia

A positividade do conflito em entrevistas jornalísticas

Marta Regina Maia e Thales Vilela Lelo

Cápsulas do tempo: a revista em contexto digital

Fabrício Marques de Oliveira

Enquadramentos e narrativas da miséria na obra de Henfil

Hila Rodrigues

Narrativas do cotidiano nas favelas cariocas: A problematização dos valores-notícia pelos fotógrafos populares

Alice Baroni e Leonel Aguiar

50 anos a mil: quando a literatura se torna jornalismo gonzo

Eduardo Ritter

 

VI MESA COORDENADA DA REDE JORTEC: JORNALISMO DIGITAL, COLABORAÇÃO E REDES SOCIAIS (sala 126)

Coordenadora: Raquel Ritter Longhi

Entre a TV e a Internet: mediações sobrepostas em iReport for CNN

Geane Carvalho Alzamora

Estudo comparativo Espanha e Brasil em portais de notícias de referência: análise e aplicação do protocolo de qualidade para conteúdos em ciberjornalismo

Gerson Luiz Martins

Jornalismo e colaboração no portal Wikinotícias: entre os propósitos e o resultado

Carlos A. Zanotti e Isabela Oliveira dos Reis

Microfinanciamento e pluralização: comparação das coberturas do webjornal participativo Spot.Us e da imprensa americana

Marcelo Träsel e Marcelo Fontoura

Nós transmitimos, vocês repercutem: Twitter + TV durante eventos esportivos e debates políticos

Carlos d’Andréa

NYTimes.com, Clarín.com e ElPais.com – a relação com redes sociais no terremoto do Japão (2011)

Raquel Ritter Longhi, Ana Marta Moreira Flores e Carolina Teixeira Weber

 

MUDANÇAS ESTRUTURAIS NO JORNALISMO: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS CONCEITOS (sala 115)

Coordenadora: Edna de Mello Silva

Novas visualidades no telejornalismo: entre o real e o virtual

Edna de Mello Silva e Liana Vidigal Rocha

Onde o jornalismo mostra e reflete sobre seu fazer: o caso do documentário contemporâneo

Fabiana Piccinin

Pelo acesso livre e irrestrito aos arquivos dos telejornais brasileiros

Antonio Claudio Brasil Gonçalves

Edição linear e não linear no telejornalismo: Um estudo de caso do Profissão Repórter

Valquíria Aparecida Passos Kneipp e Suely Maciel

A interatividade no telejornalismo

Michele Negrini

A atuação dos correspondentes internacionais e os impactos da era digital: uma sondagem

Dione Oliveira Moura e Luciane Fassarella Agnez

 

DADOS, ÍNDICES E INDICADORES NO JORNALISMO (sala 108)

Coordenadora: Cláudia Lago

Apectos históricos do ensino de Jornalismo no Brasil

Antonio Hohlfeldt

Atualização e Norteamento Profissional para a Comunicação Social no Brasil

Andréa Ferraz Fernandez, Silvia Maria Prado e Cristiane Guse Fronza

Entre o qualitativo e o quantitativo: a pouca utilização de indicadores e índices na pesquisa em jornalismo

Cláudia Lago

Espaços legitimados da Pesquisa em Jornalismo no Brasil

Maria Cristina Gobbi

Mundos do Jornalismo, uma pesquisa colaborativa internacional em rede

Sônia Virginia Moreira

Um outro ensino de Jornalismo na busca por qualidade profissional: Perspectivas e desafios ao fortalecimento e regulamentação da formação

Mirna Tonus e Sergio Luiz Gadini